Destaque Inferior - HCP - Hospital de Câncer de Pernambuco

Destaque Inferior

Notícias quem ficam no destaque inferior da página inicial

doacoes-hebron.jpeg

Mais um gesto de compromisso e solidariedade em prol do Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP) em tempos de pandemia. Na última sexta-feira (12), a Hebron Indústria Farmacêutica realizou a entrega de 1.000 máscaras, 500 unidades de álcool líquido e 125 unidades de álcool gel para a instituição. Os itens são indispensáveis na prestação de um tratamento oncológico seguro aos pacientes, grupo de risco do Covid-19.

“Poder contribuir com uma causa tão nobre e urgente enche nossos corações de gratidão a Deus por, de alguma forma, estarmos ajudando a fazer a diferença neste momento tão complicado. Conhecer mais de perto a luta e comprometimento de vocês nos dá mais esperança de que dias melhores virão”, pontua a gerente de marketing da Hebron, Joana Simplício. “Ficamos gratos em ajudar o HCP, principalmente neste momento tão difícil em que todos estamos passamos”, completa a analista de marketing, Vivianne Santos.

Segundo a gerente de Captação de Recursos do HCP, Juliane Carvalho, "Ficamos muito felizes em receber a doação da Hebron, uma grande empresa pernambucana que tem na sua missão o bem-estar e empenho na responsabilidade social", afirma. 

Como ajudar o HCP

O Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP) é uma instituição privada e sem fins lucrativos, que se dedica ao diagnóstico e tratamento de pacientes oncológicos por meio do Sistema único de Saúde – SUS. Para continuar oferecendo tratamento gratuito de qualidade, o HCP conta com doações contínuas de pessoas físicas e jurídicas. Em tempos de pandemia, essa ajuda torna-se ainda mais necessária para a garantia de uma assistência segura aos profissionais e pacientes. Para ajudar, basta ligar para (81) 3217-8290 ou acessar www.hcp.org.br/doacoes. 

 

 

camisas.jpeg

A Oracon, fabricante de moda masculina presente em todo o Brasil, doou 180 camisas pólos brancas, da marca própria Yacht Master, aos profissionais do Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP). A iniciativa faz parte da campanha “Heróis vestem branco”, que está acontecendo em todos os estados onde a marca tem representantes, criada para homenagear e presentear os profissionais que estão atuando na linha de frente durante a pandemia do Covid-19. As camisas ainda receberam a marca do HCP, doada pela Beto Gráfica e Bordados, para que a equipe possa utilizar o presente como fardamento. 

Motorista2.jpeg

“Essas doações me trazem uma mensagem de reconhecimento. De que lá fora, foram capazes de reconhecer que a causa do HCP merece ser apoiada pela sociedade. Gostaria de retribuir em forma de agradecimento. Obrigada, vocês doadores, não só por nos deixar mais bonitos com esse novo fardamento, mas por acredita que a gente faz a diferença. É muito importante, para nós colaboradores, sabermos que a sociedade abraça a nossa causa, por que aqui a gente faz sempre o melhor”, destaca Daniela Pereira, colaboradora do HCP. As camisas foram entregues aos motoristas, maqueiros, funcionários do setor administrativo e atendimento.

 

senai2.jpeg

Com a necessidade de reforçar a proteção para os seus colaboradores e pacientes, o Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP) precisou aumentar o investimento na compra de Equipamentos de Proteção Individual (EPI), indispensáveis durante a pandemia. Por ser uma instituição filantrópica sem fins lucrativos e necessitar de doações para manter o tratamento do paciente oncológico, o HCP vem contando com o apoio de pessoas físicas e jurídicas para auxiliar neste momento de grande dificuldade. Foi o caso da doação feita pelo Sistema FIEPE/SENAI-PE, que presenteou o hospital com mais de 43 mil unidades de EPI.

Estão entre os itens doados luvas (29 mil), aventais (3.790) , máscaras (6.500) e, até mesmo, mil unidades dos protetores faciais (face shields), produzidas por profissionais voluntários do SENAI, com a participação de empresas e de colaboradores da instituição e a utilização de recursos arrecadados por meio da campanha Pelos Heróis da Saúde, liderada pela FIEPE. Além do HCP, outras instituições privadas sem fins lucrativos e hospitais públicos do estado foram contemplados. “Sabemos o quanto esses EPIs são necessários e o quanto está sendo difícil encontrá-los prontos no mercado. Por esse motivo, o SENAI Pernambuco está colocando seu conhecimento, profissionais e maquinário à disposição da sociedade, no momento em que ela mais precisa. Estamos desenvolvendo uma série de ações, sempre com o intuito de transformar vidas”, frisou a diretora regional do SENAI Pernambuco, Camila Barreto.

senai1.jpeg

 “Para o Hospital de Câncer de Pernambuco é indispensável contar com o apoio de instituições como o Sistema FIEPE/SENAI. Com a pandemia, as doações diminuíram e nossos gastos aumentaram, principalmente quando falamos de EPI, de grande necessidade para proteger toda nossa equipe que está trabalhando na linha de frente, dando continuidade ao tratamento do paciente com câncer, grupo de risco do Covid-19”, ressalta a gerente de captação de recursos e doações do HCP, Juliane Carvalho. 

Para ajudar o Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP), acesse hcp.org.br/doacoes ou ligue (81) 3217.8290. 

soacaosojamania.jpeg

Para produzir cerca de duas mil refeições diárias para pacientes, acompanhantes e colaboradores, o Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP) precisa fazer um grande investimento na compra de alimentos. A instituição, por sem filantrópica e sem fins lucrativos, sempre contou com o apoio de empresas e da sociedade para minimizar os custos e, durante a pandemia, essa necessidade é ainda maior. Com a redução nas doações nesse período e, ainda, com o aumento de alguns gastos, as doações que chegam auxiliam no funcionamento da instituição, como a doação de 900 unidades de hambúrguer de soja da marca Soja Mania, através da Deju Alimentos, representação e distribuição.

A iniciativa surgiu quando a Deju Alimentos, empresa de representação e distribuição de alimentos, estava lançando o produto no estado de Pernambuco e o Brasil recebeu a notícia da pandemia. Foi necessário retardar as ações promocionais do produto e, junto a Soja Mania, procuraram uma empresa que precisava de alimentos para fazer a doação.  “Não sabemos como tudo vai ficar, entretanto, acreditamos que é muito importante as empresas cumprirem o papel social, junto a iniciativas sérias”, destaca Dercione Galindo Costa, sócia Ger. Deju Alimentos, representação e distribuição.

 “Em tempos de poucas relações humanas, entendemos a importância do compromisso, não só das empresas, mas de todos os seres humanos com o social, é sair do seu universo e perceber que o outro faz parte do todo e o nosso equilíbrio vem dessa percepção e empatia”, reforça Dercione.

 

embarecamponesa1.jpeg

Instituição privada sem fins lucrativos, o Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP) é filantrópico, significa que precisa de doações de pessoas físicas e jurídicas para complementar o tratamento dos pacientes com câncer tratados na instituição. Durante a pandemia, o HCP vem sofrendo com a queda dessas doações, o que, em curto prazo, poderá prejudicar o funcionamento da instituição. Graças à solidariedade de algumas empresas e da sociedade, as doações que estão chegando fazem uma grande diferença e auxiliam no custeio de alguns produtos, como foi o caso da empresa Embaré, que doou o quantitativo de leite em pó, da marca Camponesa, necessário para três meses de consumo. Diariamente a instituição produz cerca de duas mil refeições para paciente, acompanhantes e funcionários.

Durante esse momento de Covid, a Embaré – uma das principais marcas de lácteos do Brasil, com 85 anos de história, - vem buscando empresas que pudessem ser auxiliadas e, sabendo do serviço oferecido pelo Hospital de Câncer, não mediu esforços para atender a demanda da instituição. "Entendemos nosso compromisso com o estado de Pernambuco nesse momento de pandemia. Essa doação materializa nosso compromisso com a sociedade civil", destaca Martim Ibrahim, diretor de marketing e trade da Embaré S.A.

"Esperamos que esse momento que estamos vivendo fortaleça nossa relação com várias empresas, que entendem a importância do serviço prestado pelo HCP. Somos muito gratos a todos que fazem a Embaré, por essa atitude de solidariedade ao próximo", agradece Juliane Carvalho, gerente de captação de recursos e doações do Hospital de Câncer de Pernambuco.

inteligenciaartificial.jpg

Em meio à pandemia do Covid-19, uma notícia boa, a implantação da Inteligência Artificial (IA), disponibilizada pela startup Viziomed, que funcionará como apoio ao trabalho desenvolvido pelos radiologistas do Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP). Em testes desde o início do mês de abril, a tecnologia tem a função de indicar, nos exames de imagem realizados na instituição, possíveis áreas e tecidos afetados pelo câncer.

A IA foi disponibilizada, gratuitamente, para todos os hospitais do Brasil, como uma solução que ajuda a detectar lesões respiratórias provocadas pelo COVID-19 por meio do Raio X de Tórax. No HCP, hospital de tratamento oncológico, o sistema vem sendo adaptado para auxiliar o trabalho dos radiologistas na avaliação dos exames de imagem. “O mecanismo serve como um olho extra. Gosto de relacionar com aquele colega de plantão que você pede uma segunda opinião”, explica o coordenador do serviço de Raio X e Ultrassom, Bosco Vieira.  

Segundo o gerente de TI do HCP, Abílio Correia, a tecnologia já se mostra promissora. “A tecnologia estará sempre em desenvolvimento. No momento, estamos trabalhando com os radiologistas na inserção de informações, que deixará a Inteligência Artificial cada vez mais assertiva. Já é possível verificar resultados bem expressivos e, em um futuro próximo, retornos para a instituição, como maior precisão nas avaliações e rapidez nos diagnósticos”, destaca.

em-meio-a-pandemia-jbs-doa.jpg

Com a pandemia do Covid-19, o Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP) sofre com a redução no número de doações. Por ser uma instituição filantrópica, ou seja, depender da contribuição de pessoas físicas e jurídicas para oferecer tratamento de qualidade ao paciente com câncer, essa diminuição das doações poderá, em curto prazo, comprometer o funcionamento da instituição. Sabendo do momento crítico que o HCP vive, várias empresas estão auxiliando nesse momento de grande dificuldade - é o caso da JBS, através do seu programa “Fazer o Bem Faz Bem”, que se comprometeu a doar 2.800kg de carne de frango.

“A doação da JBS, através de sua unidade aqui no nosso estado, veio em um momento muito importante para a nossa instituição. A quantidade doada corresponde ao que utilizamos durante um mês para a produção de mais de duas mil refeições diárias, oferecidas para nossos pacientes, acompanhantes e colaboradores. Isso significa que, o valor que seria investido para a compra desse produto, poderá ser destinado a outras necessidades do HCP. Esperamos que essa parceria se estenda para depois dessa pandemia”, destaca Juliane Carvalho, gerente de captação de recursos e doações do Hospital de Câncer de Pernambuco.

O programa de responsabilidade social da JBS, “Fazer o Bem Faz Bem”, já doou mais de 200 toneladas de produtos, entre alimentos e itens de higiene e limpeza, além de equipamentos de proteção individual. O programa já realizou 495 ações, impactou quase 500 mil pessoas e beneficiou 247 instituições em 155 municípios de 20 estados brasileiros.

 

entrega-cestas3.jpeg

Durante a pandemia do Covid-19, vários atos de solidariedade e amor ao próximo estão em destaque. Aqui no Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP), não é diferente. Sabendo da necessidade da instituição, as doações estão chegando e sendo recebidas com muita felicidade por toda a equipe. Foi o que aconteceu na última quarta-feira (15), quando 400 cestas básicas, trazidas por caminhões do Exército Brasileiro (EB), entraram pelos portões do HCP. A iniciativa foi da ONG Novo Jeito, em parceria com o Movimento Empresários por Pernambuco, com o apoio logístico do Exército. 

entrega-cestas.jpeg

A campanha foi criada para ajudar instituições e, também, grupos em situação de vulnerabilidade. “O Novo Jeito surgiu em 2010, quando 50 mil pessoas perderam tudo na enchente que aconteceu na Mata Sul de Pernambuco. Desde lá, estamos fazendo tudo que está ao nosso alcance para ajudar as famílias mais vulneráveis e, durante essa pandemia, não podia ser diferente. No final do mês de março, já conseguimos doar para 13 mil famílias no estado uma cesta básica e um kit de higiene pessoal, mas agora, com o apoio do Empresários Por Pernambuco (Viana & Moura Construções, Grupo Cornélio Brennand, Grupo Moura e Ferreira Costa), estamos distribuindo 50 mil cestas básicas, dessas 400 para o HCP”, destaca Fábio Silva, idealizador da ONG Novo Jeito. 

O Hospital de Câncer de Pernambuco agradece imensamente o apoio e o carinho dos envolvidos. Para continuar ajudando o HCP, ligue (81) 3217.8290⠀ ⠀

entrega-cestas5.jpeg

entrega-cestas1.jpeg

 

arcomix-abril.jpeg

Em meio à pandemia do Covid-19, a solidariedade não pode parar. Sabendo da necessidade do Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP), a rede de supermercados Arco-Mix e o atacarejo Arvo-Vita não deixaram de fazer mais uma entrega do Troco Solidário, campanha que destina o arrecadado pelo troco doado por seus clientes ao HCP. Tomando todas as medidas necessárias na prevenção do Covid-19, um pequeno grupo de funcionários, da loja Arco-Mix Caxangá, entregou o cheque simbólico no valor de R$ 41.074,84.

Para Norma Bravo, coordenadora de captação de recursos e doações da instituição, a entrega mostra o sentimento de confiança da rede de supermercados pelo HCP e pelo serviço que é oferecido aos pacientes com câncer. “O tratamento oncológico não pode parar. Mesmo com a necessidade de quarentena para a sociedade, nosso hospital continua funcionando e oferecendo todo o tratamento que o paciente com câncer precisa. As doações nos ajudam a continuar proporcionando serviços de qualidade aos que precisam. A Arco-Mix e seus clientes são nossos parceiros e sabem o quanto precisamos desse apoio”, destaca.

Sobre o HCP: O Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP) é uma instituição privada e sem fins lucrativos, que se dedica ao diagnóstico e tratamento de pacientes oncológicos por meio do Sistema único de Saúde – SUS. Por ser uma instituição filantrópica, o HCP conta com doações contínuas de pessoas físicas e jurídicas para manter a qualidade no atendimento aos pacientes. Esses recursos são utilizados no custeio, na modernização do parque tecnológico e nas instalações físicas do hospital. Além disso, são direcionados para complementar o custo do tratamento dos pacientes. 

 

4.JPG

Criado em 2015, com o objetivo de homenagear os grandes nomes da música Gospel, o Troféu Gerando Salvação incluiu, pela primeira vez, a categoria rádio entre as homenageadas, consagrando a Rádio Maranata FM como a melhor Rádio Gospel do Brasil. Como prêmio, a emissora recebeu uma tonelada de alimentos, que deveria ser repassada para alguma instituição de sua escolha. O Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP) foi a entidade beneficiada com os alimentos. 

Os insumos doados foram entregues na última quarta-feira (11), ao setor de nutrição do HCP, pela equipe da Rádio Maranata e do Troféu Gerando Salvação. “Estamos com o coração cheio de alegria por trazer esse alimento. O HCP precisa da ajuda de todos, por que é uma instituição que vive de doações”, destaca a pastora Fabiana, representante do evento. 

2.JPG

Para a coordenadora de captação de recursos e doações, Norma Bravo, as cestas básicas são essenciais para o HCP. “Por sermos um hospital filantrópico, precisamos da ajuda de pessoas físicas e jurídicas para continuar oferecendo um serviço de qualidade. Diariamente produzimos mais de duas mil refeições para pacientes, acompanhantes e colaboradores, essa doação é de grande importância para o preparo dos alimentos”, destaca.

“Graças a Deus e a votação do povo ganhamos em primeiro lugar e culminou na entrega de alimentos ao Hospital de Câncer de Pernambuco, instituição que precisa do nosso apoio e suporte”, acrescenta Wanda Nascimento, Jornalista da Rádio Maranata.  

1.JPG

 Sobre o Troféu Gerando Salvação

O Troféu Gerando Salvação foi criado em 2015 pela Pastora Raquel Santiago, filha do Apóstolo Valdemiro Santiago, líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, para homenagear, anualmente, os grandes nomes da música gospel. Troféu Gerando Salvação segue em suas categorias, nas quais alguns nomes serão indicados. São elas: Música do Ano/Compositor, Cantor do Ano, Cantora do Ano, Dupla do Ano, Banda ou Grupo, Artista Revelação, Projeto Infantil, Vídeo Clipe, Feat. (Participações), Super Produções e Live Session.