Por dentro do HCP - HCP - Hospital de Câncer de Pernambuco

Por dentro do HCP

O espírito natalino tomou conta do HCP na manhã desta terça-feira (22). Uma série de atividades reviveu o nascimento do menino Jesus e levou para pacientes e acompanhantes uma rotina diferente do que é visto todos os dias no ambulatório. Tudo teve início com uma missa campal realizada no jardim do HCP, seguida de uma apresentação de teatro e música. O Arte em Cristo, grupo formado por jovens da paróquia Nossa Senhora do Carmo, realizou a apresentação teatral que teve como tema o nascimento de Jesus, com narrativa que passou desde a anunciação do Anjo Gabriel a Maria até o nascimento do menino Jesus.

Além deste, outros grupos deram sequência à programação. O coral da Igreja Batista de Afogados, de Campo Grande e da Igreja Congregacional da Tamarineira, com a Orquestra Filarmônica cristã de Pernambuco promoveram uma grande e belíssima apresentação de músicas natalinas e cristãs. Por fim, a Mamãe Noel apareceu para distribuir panetones entre os pacientes que estavam no local. Foram mais de cem entregues.

O Hospital de Câncer de Pernambuco realizará, no próximo dia 19, a partir das 8h, o II Simpósio de Fonoaudiologia, que tem como tema Atualidades na Reabilitação do Laringectomizado Total. Laringectomizado total são os pacientes que, devido ao câncer, passaram pela cirurgia de retirada total da laringe.

O tratamento terapêutico aplicado na reabilitação do paciente laringectomizado do HCP é o tema de uma das palestras, que será ministrada por Roberta Borba, coordenadora de Fonoaudiologia do HCP. A atuação multiprofissional após a laringectomia será o tema da mesa redonda, que será composta por médico, enfermeira, nutricionista, psicóloga e assistente social.

Ainda dentro da programação, serão abordados os métodos de reabilitação vocal: a laringe eletrônica, a voz esofágica e a prótese traqueoesofágica; este último, com a participação do psico-oncologista José Cruz, que é laringectomizado total.

A manhã desta quarta feira foi marcada por vários momentos especiais no Hospital de Câncer de Pernambuco. Hoje, foi comemorado o Dia do Fonoaudiólogo, o Dia Internacional do Voluntariado e foi, ainda, uma manhã de muita alegria e realização para duas pacientes que receberam uma festa de 15 anos.

Logo cedo, um grande café da manhã produzido pela Rede Feminina movimentou o ambulatório, além dos voluntários, pacientes e acompanhantes também puderam participar. A comemoração seguiu com a apresentação do grupo do Coral Ressoar. O grupo é formado por pacientes do hospital, que foram submetidos à laringectomia, cirurgia de retirada total da laringe, causada pelo câncer. Esse procedimento pode ocasionar a perda total da voz, no entanto, esses pacientes são verdadeiros exemplos de superação e hoje conseguem falar e cantar por meio da voz esofágica, na qual os sons são emitidos pela via digestiva.

Quanto custa realizar um sonho? Qual o valor de uma ceia de Natal com a família, uma colônia de alfazema ou uma bíblia com letras grandes? O que pode parecer fácil para uns é um grande sonho para mais de cem pacientes do Hospital de Câncer de Pernambuco. Eles já escreveram suas cartinhas para poder participar da campanha Natal dos Sonhos, promovida pela rede de voluntárias da instituição. As cartas com os pedidos dos pacientes já encontram-se à disposição do público, que poderá escolher qual sonho vai querer tornar realidade. As cartas estão acessíveis na própria Rede Feminina.

Este é o segundo ano em que o Natal dos Sonhos é realizado no HCP. Tudo começa com a captação das cartas dos pacientes, que escrevem de próprio punho os seus pedidos para o Natal. As pessoas interessadas podem se dirigir à Rede Feminina (3217-8236) e escolher a carta com o pedido e saber qual paciente vai recebê-lo. A lista já está disponível.

Nesta quinta-feira, 22 de outubro, uma ação tornou especial o dia dos pacientes do Hospital de Câncer de Pernambuco. É que os colaboradores foram convocados para usarem lenços durante este dia a fim de mostrar solidariedade e amor aos pacientes em tratamento na instituição. Vários departamentos aderiram à ideia e o resultado foram muitas fotos com todos usando lenços e belos sorrisos por parte dos pacientes. Desde recepcionistas até a direção do HCP, todos entraram na brincadeira.

Toda equipe da UPAE - Deputado Áureo Howard Bradley – Arcoverde/PE está engajada na campanha Outubro Rosa, que visa dar maior visibilidade às ações de conscientização contra o câncer de mama. Por isso, a unidade está promovendo palestras informativas com distribuição de brindes educativos para lembrar da importância da prevenção e do diagnóstico precoce dessa doença.

Na última sexta-feira, dia 9 de outubro, o mastologista dr. José Peixoto ministrou palestra na UPAE de Belo Jardim sobre o Câncer de Mama. A atividade teve o objetivo de trazer os pacientes para perto da campanha nacional do Outubro Rosa, que visa alertar todas as mulheres sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama, além de tirar dúvidas médicas sobre o assunto.

A manhã da terça feira (13) foi de muita alegria e animação no HCP. Isso graças ao grupo Coco de Dona Selma, de Olinda, que visitou o HCP e proporcionou, para pacientes e funcionários, um momento de distração e de muita dança.

O Instituto Nacional de Câncer (Inca) estimou 10.760 casos de câncer para Pernambuco no ano passado. Apenas no Hospital de Câncer de Pernambuco foram diagnosticados, em 2014, 5.918 novos casos. Neste ano, até o mês de agosto, já foram realizadas na Mastologia Oncológica do HCP cerca de 14.390 consultas, 870 cirurgias e mais de 8 mil mamografias. Este é um número que assusta e tende a crescer ainda mais, caso as mulheres com mais de 40 anos se esqueçam da importância dos exames periódicos. Por isso, começa nesta quinta-feira, em todo o mundo, a campanha internacional do Outubro Rosa, que alerta para a necessidade da prevenção e do diagnóstico precoce como forma de combater este tipo de câncer.

Com um ano e quatro meses de funcionamento, as Unidades de Atenção Especializadas (UPAEs) de Arcoverde e Belo Jardim, ambas administradas pelo Hospital de Câncer de Pernambuco, tem atendido de forma diferenciada às pessoas que mais necessitam. Além de médicos, existe uma equipe multidisciplinar focada em melhorar a qualidade de vida dos pacientes do interior de Pernambuco.